Fiães // Diz António Valdemar, candidato do PSD à Junta de Freguesia

“Chegou a hora de olhar para o futuro”

O candidato do PSD à presidência da Junta de Fiães, António Valdemar, quer fazer da freguesia “uma referência no concelho”, num desafio que projecta também um novo ciclo na gestão autárquica.

“Chegou a hora de olhar para o futuro e acreditar no começo de um novo ciclo. As gentes de Fiães sempre foram reivindicativas, conseguindo algum desenvolvimento para a nossa freguesia, mas nós queremos mais”, disse, no passado dia 14 de Junho, durante o lançamento da sua candidatura, uma sessão que sobrelotou o salão nobre da Junta de Freguesia de Fiães.

“Estamos perante eleições autárquicas que irão exigir coragem e determinação, atitudes fundamentais para gerar novas ideias e projectar novos rumos” – afirmou o social-democrata, 36 anos, actual membro da Assembleia de Freguesia, órgão que faz parte desde 2001.

“Vivemos tempos de grandes privações financeiras, que só com rigor, transparência e envolvimento de todos vamos ultrapassar e finalmente projectar o nome da nossa terra” – sublinhou, dando conta de algumas iniciativas que pretende implementar caso seja eleito.

“Neste novo ciclo quero mais para Fiães, uma cidade mais acolhedora; mais organizada; mais inclusiva e mais dinâmica. Fiães merece mais e quero afirmá-la uma referência no concelho” – acrescentou.

Licenciado em Teologia e Mestrado em Fé e Psicoterapia, António Valdemar foi assessor do conselho executivo da EB2/3 de Argoncilhe, esteve ligado à Comissão de Protecção de Crianças e Jovens como professor tutor e, posteriormente, foi representante da juventude na mesma entidade.

Além da actividade autárquica, António Valdemar mantém uma forte ligação ao movimento associativo, sendo presidente da AMICAF (Associação dos Amigos da Cultura e Ambiente de Fiães), presidente da Casa do Povo do Centro da Feira – Fiães e director da ADRITEM (Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Terras de Santa Maria).