Cândidato à Câmara pelo PS em visita as instituições

Eduardo Cavaco não pára

Eduardo Cavaco continua a reunir com pessoas e instituições, recolhendo elementos preciosos para o estabelecimento do seu Programa de Gestão da Câmara da Feira.

O candidato do PS à Câmara da Feira foi recebido no Grupo Cénico de Lourosa, onde se apercebeu das dificuldades motivadas por falta de uma sede condigna; escutou as vozes da Tuna Esperança, em Lamas, e registou com elevada satisfação o trabalho da “Juventude Inquieta”, em Caldas S. Jorge. Mais tarde foi conhecer o trabalho da Lourocoop, também em Lourosa, e ouviu a Direcção e os utentes do GDC Mozelos.

Na LAF, Eduardo Cavaco sublinhou a obra em prol do Património Cultural levada a cabo pela instituição, exponenciada pela prestigiada revista “Villa da Feira”. Depois, foi conhecer a obra que a coragem dos elementos do Grupo Folclórico da Lavandeira está erguer.

No Orfeão da Feira, Eduardo Cavaco registou fortes críticas da Direcção ao sistema de gestão cultural da Câmara, algumas delas enfocadas na análise crítica que a Federação das Colectividades exteriorizou ao candidato socialista. O candidato foi também recebido calorosamente pela Direcção do SC S. João de Ver e do GD Paços de Brandão, onde se confessou agradavelmente surpreendido com a obra realizada no Parque Desportivo.

Noutra área, Eduardo Cavaco registou as permanentes dificuldades criadas às empresas pela deficiente informação e acessos às Zonas Industriais, e ouviu sugestões de relacionamento institucional com a autarquia para lançar estratégias de reindustrialização e criação de emprego.