Para impedir fecho do posto de Paços de Brandão

Emídio Sousa e Firmino Costa reúnem-se com CTT

Délio Carquejo questionou o Executivo sobre o fecho do posto de CTT brandoense e o presidente da Autarquia garantiu que “tudo iria fazer” para evitar o encerramento.

 

“Hoje viver em Paços de Brandão é uma sequência de notícias tristes. Recebemos, agora, mais uma: a morte do posto de CTT”, apontou o vereador do PS Délio Carquejo, lembrando que já perderam bancos e as Finanças estiveram, também elas, sob ameaça de encerramento. “Tememos que possa estar próximo o seu fim”, revelou.

Faça a sua assinatura e leia os artigos na integra