DIREITO DE RESPOSTA

Os eleitos pelo Movimento Independente por Fiães (MIF) e o eleito do Partido Socialista à assembleia de freguesia de Fiães, que estiveram presentes na reunião de apresentação do esboçado do projeto de requalificação do centro da cidade de Fiães, vêm por este meio fazer os seguintes reparos à notícia divulgada neste jornal no dia 19 de Dezembro de 2016.

A referida reunião teve carácter informal e foi inserida no âmbito das comemorações do aniversário de elevação de Fiães a cidade. Dos 13 membros da assembleia de freguesia, apenas estiveram presentes na mesma os seguintes elementos: Joaquim Ferreira, eleito pelo PSD e presidente da assembleia de freguesia de Fiães; Ivo Gomes, pelo PS, Jorge Pedro, Samanta Maia, Alberto Oliveira e Ângelo Mota pelo MIF, o presidente da Junta de Freguesia de Fiães, a secretária e um vogal do executivo local, o vereador do urbanismo e obras públicas e técnicos da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira. Ao contrário do noticiado, não houve nenhuma votação oficial do projeto de requalificação do centro de Fiães, sendo que foi apenas apresentado um esboço para discussão de alguns pontos referentes ao mesmo.

Importante referir que no final da reunião ficou acordado entre os presentes que o projeto de requalificação seria levado a discussão pública com o fim de ouvir a população antes de este ser colocado à votação nas entidades competentes. Salientamos que nenhum dos subscritores desta nota de imprensa é contra o projeto em causa, uma vez que consideramos que o mesmo é uma mais valia para a nossa cidade, no entanto não podemos compactuar com a notícia que saiu na imprensa local, uma vez que a mesma não reflete o espírito do que se passou na reunião. Subscrevem esta nota de imprensa os eleitos do Movimento Independente de Fiães e o eleito do Partido Socialista, que esteve na dita reunião.

Ivo Gomes

Partido Socialista de Fiães