“Para esta edição colocámos a fasquia bastante elevada”

artur-dias-aef

 

O presidente da Associação Empresarial da Feira (AEF) Artur Dias antevê e projecta a sexta edição do Moda Feira, evento que realizar-se-á no próximo sábado, dia 23. Cumpre o segundo mandato e embora não queira recandidatar-se a um terceiro, poderá fazê-lo caso não consiga suprir os compromissos financeiros estabelecidos. Embora afirme que a relação com a Câmara Municipal não é a desejada, considera a Autarquia um “óptimo parceiro”.

 

Texto Marcelo Brito

Foto Diana Santos

 

Realiza-se, no próximo sábado, a sexta edição do Moda Feira. Quais as expectativas e metas delineadas?

É a sexta edição do evento com o nome Moda Feira, mas iniciou-se como Moda Norte e mais tarde Feira Fashion. Quando cheguei [à AEF], achei que não fazia qualquer sentido. Moda Feira é o nome mais indicado. As expectativas são, a cada ano, cada vez maiores. O envolvimento é cada vez maior. Temos um projecto chamado ‘Juntos Pela Educação’ assinado por diversas entidades concelhias. No plano de actividades deste projecto, a Associação realiza o Moda Feira. Tentamos, a cada ano, fazer mais e melhor. Para esta edição, colocámos a fasquia bastante elevada. Não irá ser feita no grande hall [do Europarque], mas vamos para um pavilhão. O hall tem uma capacidade para 500 ou 600 pessoas e o pavilhão tem capacidade para 1500 pessoas. É arrojado colocar tantas pessoas num evento. Aliás, existem poucos que recebem tantas pessoas. Os comerciantes entregam os convites aos clientes e penso que tem corrido bem. Este ano vai correr ainda melhor. Vamos presentear o público com uma galeria, na entrada, cheia de glamour, com passadeira vermelha e algumas presenças de lojas promocionais a distribuir vouchers com descontos. Vamos criar uma dinâmica para que a pessoa sinta que está num evento diferente. Outra novidade é a venda. Vai haver um showroom, no final do evento, no qual, à saída, as pessoas encontrarão as peças com que os modelos desfilaram. Estas podem ser adquiridas a um preço bastante interessante. O desconto feito não será encontrado em mais época alguma. Os modelos serão cerca de 40 e a sua maioria é profissional como, por exemplo, o Afonso Vilela e a Ana Lúcia Matos.

Faça a sua assinatura e leia os artigos na integra