Há 120 anos a cobrir as Fogaceiras

 

Não é desde a primeira edição, mas quase. O Correio da Feira nasceu a 11 de Abril de 1897 – cumpre o seu 120.º aniversário – e como a Festa das Fogaceiras comemora-se, sem excepção, a 20 de Janeiro, a possibilidade de cobrir a festividade nesse ano viu-se nula. A partir de 1898 as Fogaceiras raramente escaparam às redacções deste jornal.

Na edição de 27 de Janeiro de 1940, o semanário faz capa com a Festa das Fogaceiras pela primeira vez, mas a presença assídua da festividade na primeira página reporta-se a partir de 1988, salvas excepções. Em 1970, a primeira foto.

 

Marcelo Brito

marcelo.brito@correiodafeira.pt

 

 

 

25 de Janeiro de 1898

Com uma escrita primitiva quando comparada com a actual, por exemplo, ‘lugar’ escrevia-se ‘logar’, o CF reportava que “na egreja, era grande o número de assistentes, e entre elles vimos muitas pessoas das freguezias circumvisinhas e de fora do concelho”.

 

“A solemnidade decorreu na forma dos annos anteriores. O que melhor e mais viva impressão deixou no auditório foi o eloquentíssimo sermão do abalisado pregador régio, snr. Padre Patrício. Apoz a missa, sahiu a procissão, em que tomou parte grande número de fogaceiras.”

 

 

Faça a sua assinatura e leia os artigos na integra