Na véspera de Natal

Bebé queimado por botija de água quente

FIÃES O frio fazia-se sentir na tarde da véspera de Natal e os pais, preocupados, colocaram uma botija de água quente na cama do filho mais novo para o aconchegar. Mas a botija rebentou e o menino, de dois anos, sofreu queimaduras de 1º e 2º grau, tendo sido imediatamente encaminhado pelos Bombeiros de Lourosa para o Hospital de São João, no Porto.

Os pais, professores, conhecidos no prédio por serem ‘pais-galinha’, estavam “desesperados” e a irmã mais velha, de cinco anos, ficou “em pânico” com os gritos de dor do irmão, noticia o Correio da Manhã. O alerta deu-se no dia 24 de Dezembro, por volta das 13h30, dando conta de um acidente doméstico numa casa da Rua do Rio, em Fiães, onde uma criança de dois anos tinha sido queimada nas pernas devido ao rebentamento de uma botija de água quente.