Carta aberta ao Sr. Presidente da Câmara da Feira Emídio Sousa

Espero que tenha tido um bom ano e desejo a si e a todos os habitantes da nossa terra um ano de 2018 cheio de saúde, muita paz, repleto de bom senso, boas ações e vontade de fazer o que faz falta a este Mundo, a este País e sobretudo a este Concelho.

Li as suas promessas escritas no Orçamento e fiquei admirado, muito admirado mesmo, por ver muito investimento em coisas como passadiços, reabilitação do Europarque, piscinas novas…etc. Sr. Presidente e SANEAMENTO? Não deveria ser essa a prioridade principal de um Concelho e de uma freguesia que é cidade?

Eu acho e quero crer que como todos os portugueses pago impostos atempadamente, não devo nada a ninguém, e por isso não entendo a falta de condições da minha rua (Rua da Tapadinha – Lourosa). Pode ser música para muita gente, mas se pago os impostos também quero ter as condições que outros como eu têm nas suas ruas e já nem falo da limpeza, falo do saneamento. Este problema arrasta-se há mais de 10 anos. Nesta situação estão várias moradias e depois deste tempo todo, de ter esgotado a minha paciência com promessas e mais promessas, venho dizer-lhe o seguinte:

– O Sr. Vereador Vítor Marques esteve no local e nada fez (já passaram mais de dois anos).

– O Sr. Vereador José Manuel Oliveira, lourosense que não defende os interesses dos lourosenses, nada fez nos anos anteriores.

– Falei com o atual Presidente da Junta de Freguesia que se comprometeu em tratar do assunto, passou o tempo e NADA!

– Já levei o caso a várias Assembleias de Freguesia e NADA!

Quero ainda dizer-lhe e informá-lo que os passeios e as redes de águas pluviais foram custeados e feitos por mim há mais de 20 anos… quer que também faça o saneamento?

Estou farto, cansado e vou partir para outros meios ao meu alcance… Será que é preciso retomar o movimento CML?

 

Adriano de Almeida,

Lourosa