Tocar bombos como gente grande

 

MOSTEIRÔ A A’Rua’Da já tinha um grupo de adultos, conhecido como “Tocá Rufar”, um projecto modelo de formação artística e cultural para a afirmação e promoção da percussão tradicional portuguesa e do instrumento bombo, que tem vindo a distinguir-se por colocar a cultura portuguesa, o conhecimento e a arte em posição privilegiada como fonte de valor, de desenvolvimento e de contemporaneidade, de modo a torná-lo acessível a todos. O bombo é “o ícone da identidade e cultura portuguesas e o “Tocá Rufar” quer “desenvolver a sua prática no âmbito de orquestras de percussão tradicional portuguesa”.

Faça a sua assinatura e leia os artigos na integra