Cristina Tenreiro, vereadora do Desporto

“O Arrifanense apresentou factura/recibo do pagamento da parte não apoiada”

cristina tenreiroPara a atribuição ao Arrifanense de metade do valor do custo total das obras, previsto pelo programa de apoio à colocação de relvados sintéticos da Câmara, o clube tinha de mostrar evidências de pagamento da parte não apoiada. No entanto, dois anos depois da assinatura do contrato-programa, e já depois do pagamento efectuado pela Câmara, a Safina – empresa que executou a obra – reclama uma dívida e tem um processo de penhora sobre o Arrifanense. A vereadora garante que todos os requisitos foram cumpridos, mas não descarta um acordo prévio, entre Safina e o clube, que tenha permitido que os mesmos tenham sido ultrapassados.  Faça a sua assinatura e leia os artigos na integra